Clique aqui no logo para voltar ao início
no site na web

Cresce a venda de plano médico empresarial

Share |

11/09/2014 - DCI

Cresce a venda de plano médico empresarial

O número de contratos médico-hospitalar atingiu 50,9 milhões de beneficiários em junho e teve alta de 3,7% em 12 meses. A previsão é que o setor atinja 51 milhões de usuários até o final de 2014

Vivian Ito

Os planos de saúde empresariais puxaram o crescimento do setor de saúde suplementar nos últimos 12 meses. A área cresceu 4,5% no período, já o setor como um todo atingiu 50,9 milhões de beneficiários de junho 2013 a junho de 2014 - alta de 3,7%.

De acordo com dados do relatório do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), o tipo de contratação que mais apresentou crescimento foi a coletiva, que atingiu 33,45 milhões de usuários no mês. "O plano de saúde se tornou parte do salário do trabalhador brasileiro", explica o superintendente executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro.

Segundo ele, o principal motivo é a necessidade das empresas reterem talentos.

Já que com o fenômeno demográfico - população jovem diminuindo no mercado de trabalho - o índice de desemprego caiu e tornou menor as opções de mão de obra qualificada no mercado.

"A utilização do plano como benefício já é muito utilizado, mas o que os dados revelam é que as empresas que já possuíam para alguns trabalhadores passaram a oferecer para todos seus colaboradores", afirma Carneiro.

Ainda segundo o relatório, a taxa de cobertura nacional é de 26,1% e está concentrada no Sudeste, com 39,4% do volume total. Já a região com menor cobertura é o Norte com apenas 11,6%.

Este resultado foi impulsionado pelas regiões metropolitanas que possuem quase a metade dos beneficiários, em junho o volume atingiu 35 milhões de pessoas. Seguido pelas cidades do interior com 29,67 milhões de clientes e as capitais com 21,25 milhões de favorecidos.

De acordo com o estudo, a faixa etária que apresentou maior crescimento foi a de 59 anos ou mais, com alta de 5,1% nos últimos 12 meses.

Odontológico

Ao contrário dos planos médico-hospitalares, o segmento exclusivamente odontológico teve maior crescimento entre os contratos individuais, com crescimento de 19,7% nos últimos 12 meses. Enquanto que os coletivos apresentaram alta de 6,3%.

"O segmento possui tíquete médio abaixo do hospitalar e torna maior o nível de acessibilidade dos brasileiros", analisa o executivo.

Segundo ele, o benefício médico é mais atraente para os funcionários de uma empresa pelo custo-benefício que representa. Já que para reter um talento, as companhias precisam oferecer um complemento do salário que tenha valor superior ao que podem pagar.

 
Enviar para um amigo Imprimir
 
Voltar


Revista Cobertura e Clipp-Seg produtos Cobertura Editora Ltda
Rua Conselheiro Crispiniano 53 - Conjunto 121 São Paulo - SP Cep 01037-001 (11) 3151-5444 3151-3629 3231-0576 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS® SKWEB É MAIS UM PRODUTO DA COBERTURA EDITORA©
skweb@skweb.com.br

  Nipotech Brasil Tecnologia